20/04/2024
 
 
Pelos menos 174 casos com incumprimento do IVA Zero

Pelos menos 174 casos com incumprimento do IVA Zero

Jornal i 03/01/2024 17:16

O cabaz do IVA zero termina em 04 de janeiro (após ter sido alvo de duas extensões), um término que tem sido contestado por consumidores, associações de comércio e de empresas de distribuição

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) detetou pelo menos 174 situações de incumprimento do IVA Zero desde a sua aplicação, em maio de 2023. A ASAE revelou esta quarta-feira que a maioria foi resolvida de imediato. 

“Estamos a acompanhar essa monitorização e dos 174 processos de crime, 88 foram delegados na ASAE”, afirmou o inspetor-geral da autoridade no Parlamento, acrescentando que estes dados,  provisórios, se referem a fiscalizações de mais de 2.000 operadores económicos.

Segundo Luís Lourenço, estes são processos de crime e que “têm a sua continuidade”, assinalando que em termos de responsabilização, a legislação portuguesa  faz com que “nem sempre” seja fácil provar a responsabilização de pessoas coletivas.

“Quem é que colocou o preço na prateleira? Foi a pessoa coletiva ou foi o funcionário que o fez?”, questionou o responsável, que acrescentou que “na sua maioria, para não ser exagerado, foram corrigidas no momento em que foram detetadas pelos inspetores da ASAE por parte dos operadores económicos”.

A pronta correção não implicou, no entanto, “que não houvesse elaboração do correspondente processo de crime”, explicou Luís Lourenço, citado pela agência Lusa.

O cabaz do IVA zero termina em 04 de janeiro (após ter sido alvo de duas extensões), um término que tem sido contestado por consumidores, associações de comércio e de empresas de distribuição e que faz antever uma subida dos preços daqueles produtos — a maioria dos quais habitualmente sujeitos à taxa de 6% deste imposto.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline