29/02/2024
 
 
Guiné-Bissau. Comandante da Guarda Nacional detido

Guiné-Bissau. Comandante da Guarda Nacional detido

Jornal i 01/12/2023 11:00

Confrontos ocorreram numa altura em que o Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, Biague Na Ntan, está fora do país

O Comandante da Guarda Nacional da Guiné-Bissau e mais alguns elementos da corporação foram detidos esta sexta-feira e conduzidos para as instalações do Estado Maior General das Forças Armadas. na Amura, em Bissau. 

O coronel Vítor Tchongo "e mais alguns soldados" da Guarda Nacional foram detidos por elementos da Polícia Militar, depois de confrontos armados com as forças do Batalhão do Palácio presidencial que começaram ao início desta madrugada.

Os disparos de armas, que começaram cerca das 01h20, prolongaram-se por alguns minutos e voltaram a ouvir-se pouco depois das 07h00. Na capital da Guiné-Bissau deixaram de ouvir-se, por volta das 09h00. 

Os confrontos ocorreram numa altura em que o Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, Biague Na Ntan, está fora do país, e, de acordo com a agência Lusa, são confrontações entre elementos da Guarda Nacional e forças do Batalhão do Palácio presidencial.

Os tiros acontecem na sequência de tensões vividas durante toda a noite de quinta-feira, depois de o Ministério Público ter decretado a prisão preventiva do ministro das Finanças, Sulemaine Seide, e do secretário de Estado do tesouro, António Monteiro.

Os dois membros do Governo foram levados para a sede da Polícia Judiciária, de onde terão sido retirados das celas por elementos da Guarda Nacional.

Os governantes estão a ser investigados no âmbito de um pagamento de seis mil milhões de francos CFA (cerca de 10 milhões de dólares) a 11 empresários, através de um crédito a um banco comercial de Bissau.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline