22/02/2024
 
 
Jornadas do PS. Ministra diz que críticos do Governo que apostaram "na espuma dos dias" falharam

Jornadas do PS. Ministra diz que críticos do Governo que apostaram "na espuma dos dias" falharam

Bruno Gonçalves Jornal i 27/06/2023 16:45

"Nós não nos desviamos e continuamos a concretizar os compromissos que assumimos com os portugueses, que nos deram a confiança para gerirmos o país com maioria absoluta”, sublinhou Ana Catarina Mendes.

A ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares ataca os críticos do Governo, "aqueles que apostaram na espuma dos dias, aqueles que acharam que através de um caso ou outro abalavam a credibilidade do Governo e desviavam o foco do Governo, falharam".

"Nós não nos desviamos e continuamos a concretizar os compromissos que assumimos com os portugueses, que nos deram a confiança para gerirmos o país com maioria absoluta", acrescentou Ana Catarina Mendes, na sessão de encerramento das Jornadas Parlamentares do PS, no Funchal.

A ministra fez questão de sublinhar que o Governo PS, apesar de ter maioria absoluta no Parlamento, não recusa prestar contas. “

Ao longo da última sessão legislativa são 175 intervenções em plenário de membros do Governo e 132 presenças de membros do Governo nas comissões parlamentares, além de dezenas de projetos de lei e de resolução aprovados [pelo PS] e que foram provenientes de outros partidos", afirmou, acrescentando:

"É a nossa conceção de responsabilidade num quadro de maioria absoluta que os portugueses confiaram há um ano e meio".

A terminar, continuou nos seus elogios ao Governo, lembrando as dificuldades que afetaram o país nos últimos anos, como a pandemia de covid-19 e a guerra na Ucrânia.

"Disseram mais uma vez que viria o diabo, mas nós respondemos às pessoas com aumentos de salários e das pensões, com maiores apoios às empresas e às famílias. Estabilidade e previsibilidade foram o que os portugueses nos pediram. E só é possível darmos estabilidade e previsibilidade se formos capazes de responder com rigor e responsabilidade perante as exigências do momento", rematou.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline