30/09/2023
 
 
Inflação em Portugal recua para 4% em maio

Inflação em Portugal recua para 4% em maio

Jornal i 31/05/2023 11:24

Desaceleração “é em parte explicada pelo efeito de base resultante do aumento de preços da eletricidade, do gás e dos produtos alimentares verificado em maio de 2022 e ainda pela isenção de IVA num conjunto de bens alimentares essenciais”.

O valor da inflação voltou a recuar no mês de maio. Segundo a estimativa rápida do Instituto Nacional de Estatística (INE), a inflação registou 4% em maio, o que representa menos 1,7 pontos percentuais que no mês anterior.

O gabinete de estatística diz que esta desaceleração “é em parte explicada pelo efeito de base resultante do aumento de preços da eletricidade, do gás e dos produtos alimentares verificado em maio de 2022 e ainda pela isenção de IVA num conjunto de bens alimentares essenciais”.

O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) terá registado uma variação de 5,5% (6,6% no mês precedente) e a variação do índice relativo aos produtos energéticos diminuiu para -15,5% (-12,7% no mês precedente) e o índice referente aos produtos alimentares não transformados terá desacelerado para 8,9% (14,1% em abril).

Comparando com o mês anterior, a variação do IPC terá sido -0,7% (0,6% em abril e 1,0% em maio de 2022). Estima-se uma variação média nos últimos doze meses de 8,2% (8,6% no mês anterior).

Já o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português terá registado uma variação homóloga de 5,4% (6,9% no mês precedente).

Os dados definitivos referentes ao IPC do mês de maio de 2023 serão publicados no próximo dia 14 de junho.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline