03/03/2024
 
 
Morreu jornalista da France Presse em bombardeamento na Ucrânia

Morreu jornalista da France Presse em bombardeamento na Ucrânia

Dreamstime Jornal i 09/05/2023 20:30

A notícia foi avançada pelos jornalistas da agência noticiosa que estavam com Soldin, que se encontrava com quatro colegas, que ficaram ilesos, e por soldados ucranianos quando foram atingidos por uma série de mísseis.

O coordenador de vídeo da France Presse (AFP) na Ucrânia, Arman Soldin, foi morto, durante a tarde de terça-feira, durante um ataque com um 'rocket' Grad no leste da Ucrânia.

Este ataque aconteceu às 16:30, horário local (14:30 em Lisboa), nas proximidades de Chassiv Iar, uma cidade ucraniana perto de Bakhmut, local que, desde o ano passado, está a ser considerado como o principal palco de batalha entre as forças russas e ucranianas

A notícia foi avançada pelos jornalistas da agência noticiosa que estavam com Soldin, que se encontrava com quatro colegas, que ficaram ilesos, e por soldados ucranianos quando foram atingidos por uma série de mísseis.

"A agência como um todo está desfeita", lamentou Fabrice Fries, diretor-executivo da AFP, recordando o experiente repórter de imagem. 

"A sua morte é um lembrete terrível dos riscos e perigos enfrentados pelos jornalistas diariamente a cobrir o conflito na Ucrânia", acrescentou.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline