08/12/2023
 
 
Jejum de seita cristã já fez 110 mortos no Quénia

Jejum de seita cristã já fez 110 mortos no Quénia

AFP Jornal i 28/04/2023 15:43

Este número subiu depois de terem sido descobertos mais corpos em valas comuns.

As autoridades quenianas revelaram que aumentou para 110 o número de vítimas de um jejum criado por uma seita cristã no sul do país.

Este número subiu depois de terem sido descobertos mais corpos em valas comuns.

Segundo a polícia local, a seita em causa está situada na aldeia de Shakahola, no condado de Kilifi e é liderada por Paul Mackenzie, detido juntamente com 13 pessoas este mês.

Há ainda registo, na sequência das investigações à seita, de 210 pessoas desaparecidas, incluindo 110 crianças.

Nessa seita é transmitida a ideia de que quem jejuar até à morte, encontrará Jesus numa nova vida.

O presidente do Quénia, William Ruto, acusou Paul Mackenzie de ser um "terrível criminoso".

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline