21/04/2024
 
 
TAP. Governo justifica recusa em enviar parecer sobre demissão de CEO com "salvaguarda do interesse público"

TAP. Governo justifica recusa em enviar parecer sobre demissão de CEO com "salvaguarda do interesse público"

Bruno Gonçalves Jornal i 19/04/2023 13:48

Gabinete de Ana Catarina Mendes evoca “salvaguarda do interesse público” na não entrega do parecer, que justificará a justa causa no afastamento de Christine Ourmières-Widener da companhia aérea.

O Governo veio, esta quarta-feira, justificar a recusa em enviar à comissão de inquérito da TAP o parecer que levou ao despedimento, por justa causa, da anterior CEO da companhia, Christine Ourmières-Widener.

“O parecer em causa não cabe no âmbito da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) e a sua divulgação envolve riscos da defesa jurídica da posição do Estado”, defende o Governo, numa nota enviada pelo gabinete da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares.

“A resposta do Governo à CPI corresponde apenas à procura da salvaguarda do interesse público”, lê-se ainda.

Por outro lado, na mesma nota, o Governo faz questão de sublinhar que o respeito pelo trabalho da comissão é “absoluto” e rejeita “o clima de tensão permanente em volta de uma CPI que deve trabalhar com tranquilidade e com a qual o Executivo coopera com toda a lealdade institucional”.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline