05/03/2024
 
 
Carnaval. Ovar já gastou quase 160 mil euros na preparação da festa

Carnaval. Ovar já gastou quase 160 mil euros na preparação da festa

Bruno Gonçalves Daniela Soares Ferreira 07/02/2023 08:34

O Carnaval volta a 100% ao território nacional depois da pandemia. Vários municípios já disponibilizaram o que vão gastar mas, até agora, foi o de Ovar a mostrar o valor mais alto.

Em muitos locais do país, o Carnaval é tradição e é uma das alturas mais esperadas do ano. Ovar não é exceção e depois de alguns anos sem festa – devido à pandemia – o município volta em força com os festejos. Até ao momento, foram já gastos quase 160 mil euros na preparação do certame – 157 383,02 euros – segundo os contratos que constam no portal Base. 

Os contratos dizem respeito à contratação de vários serviços: aquisição de serviços para disponibilização de bancadas, aquisição de bens e serviços para a execução de máscaras de carnaval de grandes dimensões, aquisição de serviços de segurança e vigilância, aquisição de serviços para a realização do espetáculo com Quim Barreiros, aquisição de serviços de produção executiva, aquisição de serviços para a disponibilização de estrado para peão, aquisição de serviços para ambientação e decoração artística e aquisição de serviços para a realização de vídeos promocionais e cobertura vídeo do Carnaval de Ovar.

Destes contratos, o mais dispendioso é o que diz respeito à segurança do evento, com um custo acima dos 53 mil euros.  A empresa escolhida foi a Terceira Segur e trata-se de uma escolha através de um concurso público e através do qual participaram quatro entidades. 

Segue-se, a nível de preços, a disponibilização das bancadas cujo valor ascende os 31 300 euros. Neste caso, a empresa escolhida foi a XBancadas. 

Mas há mais. O concerto de Quim Barreiros terá o custo de oito mil euros, enquanto as máscaras de grandes dimensões ascendem aos 15 mil. 

Outros carnavais Apesar de o Carnaval ser celebrado praticamente por todo o território, ainda não são muitos os contratos disponíveis no portal Base. Mas há já outros valores gastos, além do de Ovar. Destaque para as Caldas da Rainha que vão gastar 15 500 euros no aluguer de equipamentos de som e luz e ainda 5960 pela tenda ou o município da Marinha Grande que pagou oito mil euros para o fornecimento de som para a realização da Festa das Estrelas, do Carnaval e da Flor.

Já o Município de Barcelos dispensou 10 mil euros pelo espetáculo inserido no Carnaval Popular deste ano.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline