07/02/2023
 
 
Paquistão. Mega apagão deixa um país às escuras

Paquistão. Mega apagão deixa um país às escuras

AFP Jornal i 23/01/2023 17:25

Situação é recorrente devido à má gestão e falta de investimento nas infraestruturas do país.

O Paquistão sofreu, esta manhã, um corte de energia devido uma avaria na rede nacional, deixando milhões de pessoas sem eletricidade.

Nas maiores cidades do Paquistão, como a capital, Islamabad, assim como Karachi, Lahore e Peshawar acordaram, nesta manhã, sem energia. O ministro da Energia, Khurrum Dastagir, explicou que a avaria na rede nacional foi o resultado de uma “variação de frequência”, no sul do país. Adiantou ainda que este episódio não é uma crise e que a energia regressará em breve.

Esta é uma situação recorrente no Paquistão devido à má gestão e falta de investimento nas infraestruturas. O último apagão aconteceu em outubro do ano passado e levou horas a ser resolvido.

Em comunicado, o ministro da energia esclareceu que a falha na rede aconteceu por volta das 07h30 horas locais (02h30 em Lisboa). Dastagir explicou que a falha na rede deveu-se a uma perda de frequência, resultando numa avaria. Contudo, garantiu que os trabalhos de reposição estão a ser feitos. De acordo com a BBC, em Lahore, os comboios foram também suspensos.

O ministro avança à Reuters que a situação deve estar resolvida às 22 horas (17 horas em Lisboa).

A população está habituada a este tipo de ocorrências, assim como os negócios e as indústrias, e, por isso, estão prevenidas quando algo semelhante acontece através do uso de geradores.

Quanto aos aeroportos, estes operaram normalmente graças aos seus sistemas de standby, explicou um oficial da Autoridade de Avião Civil paquistanesa.

O Hospital de Peshawar, capital da província de Khyber Pakhtunkhwa, também não foi afetado uma vez que os geradores estavam a funcionar, o que permitiu a continuação do dia de trabalho, incluindo nos cuidados intensivos e urgências.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline