06/02/2023
 
 
França não vai ceder na idade mínima da reforma

França não vai ceder na idade mínima da reforma

Facebook Jornal i 23/01/2023 14:27

Declarações foram feitas esta segunda-feira pelo ministro do Trabalho

O Governo francês disse esta segunda-feira que não vai ceder na idade mínima da reforma aos 64 anos. 

"O nosso objetivo é voltar ao equilíbrio a partir de 2030", afirmou hoje Olivier Dussopt, ministro do Trabalho francês, em conferência de imprensa após Conselho de Ministros.

Questionado sobre se o texto poderia ser modificado em processo parlamentar, que terá início na semana que vem em comissão a 6 de janeiro no plenário da Assembleia Nacional francesa, Dussopt considerou que já foram adotadas "muitas exigências".

O ministro disse que o aumento da pensão mínima para todos os que cumpriram o período contributivo completo aumentará para 85% do salário mínimo - o equivalente a cerca de 1.200 euros por mês - e será aplicado tanto aos futuros pensionistas como aos atuais. 

Questionado sobre se essas modificações poderiam alterar a idade mínima da reforma de 62 para os 64 anos, Dussopt respondeu que esta modificação irá permitir "o equilíbrio financeiro" e que "abrir mão desse ponto significaria abrir mão do equilíbrio".

Todos os sindicatos estão a protestar contra o aumento na idade da reforma e, no dia 19 de janeiro, uma jornada de greves e manifestações juntou entre um e dois milhões de pessoas nas ruas. Há já uma nova manifestação marcada para dia 31. 

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline