06/02/2023
 
 
Homem sobreviveu sozinho em alto mar com ketchup e alho em pó durante 24 dias

Homem sobreviveu sozinho em alto mar com ketchup e alho em pó durante 24 dias

Jornal i 20/01/2023 17:13

O homem foi encontrado a cerca de 220 quilómetros do Porto Bolivar, na Colômbia. Elvis François tinha a palavra “ajuda” cravada no casco do barco, e durante a sua longe jornada tentou sempre avisar outras embarcações, mas sem sucesso. 

Um homem, de uma ilha Dominica, nas Caraíbas, sobreviveu durante 24 dias sozinho num barco, tendo como a sua única fonte de alimento ketchup, alho em pó e cubos de caldo Maggi. Elvis François, de origem caribenha foi salvo pela Marinha da Colômbia. 

"Eu não tinha comida. Havia apenas uma garrafa de ketchup que estava no barco, alho em pó e cubos de caldo Maggi. Misturei tudo com um pouco de água para sobreviver 24 dias no mar", contou Elvis, de acordo com a imprensa internacional.  

La @ArmadaColombia, en articulación con la @Dimarcolombia, @SENANPanama y el gremio marítimo, rescatamos un extranjero a 120 millas náuticas al noroeste de #PuertoBolívar - Guajira, luego de quedar a la deriva desde diciembre de 2022.#ProtegemosLaVida
👉https://t.co/Ss6vq48JZJ pic.twitter.com/sFTTT4IRVX

— Armada de Colombia (@ArmadaColombia) January 18, 2023

O homem foi encontrado a cerca de 220 quilómetros do Porto Bolivar, na Colômbia. Elvis François tinha a palavra “ajuda” cravada no casco do barco, e durante a sua longe jornada tentou sempre avisar outras embarcações, mas sem sucesso. 

O homem chegou a acender uma fogueira na embarcação, para que fosse avistada uma luz à distância, mas sem resultados.  

Foi quando avistou um avião que François começou a fazer "sinais" à aeronave com ajuda de um espelho. “Passaram por cima do barco duas vezes e percebi que me viram. Estou grato por estar vivo hoje por causa deles”, disse. 

O avião acabou por avisar a Marinha colombiana, que se deslocou até ao local. 

"24 dias sem terra. Ninguém com quem conversar. Não sabia o que fazer. Não sabia onde estava. Foi difícil. A certo momento perdi a esperança. Pensei na minha família" contou. 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline