07/02/2023
 
 
FMI afasta recessão mas mostra cautela quanto a 2023

FMI afasta recessão mas mostra cautela quanto a 2023

Dreamstime Jornal i 20/01/2023 14:18

Kristalina Georgieva não vê nenhuma “melhoria drástica” em 2023.

As perspetivas económicas melhoraram nos últimos meses mas, apesar de se afastar uma recessão, é preciso ter cautela no que diz respeito ao ano que agora começou. Estas são as perspetivas de Kristalina Georgieva, diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).

A atual situação, na sua opinião, está “um pouco melhor do que há alguns meses atrás”, mas Georgieva não está “completamente otimista”, apesar do facto de “a inflação ter melhorado e estar a ir na direção certa”.

Em Davos, a responsável explicou que esta melhoria está em parte relacionada com o avanço do potencial da China em impulsionar o crescimento mas, ainda assim, não vê nenhuma “melhoria drástica” na atual previsão de crescimento global de 2,7% para 2023.

E alertou ainda que a guerra na Ucrânia continua a ser um “risco tremendo” para a confiança, principalmente na Europa.

Apesar de não se ter mostrado “nem demasiado otimista nem demasiado pessimista”, Kristalina Georgieva, alertou para riscos como a incerteza sobre a evolução da inflação e também a rutura das cadeias de abastecimento.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline