01/02/2023
 
 
Mais de 160 pessoas resgatadas em dois insufláveis no Mar Mediterrâneo

Mais de 160 pessoas resgatadas em dois insufláveis no Mar Mediterrâneo

Dreamstime Jornal i 05/12/2022 19:59

Desembarque só é permitido em Itália para pessoas vulneráveis.

Cerca de 160 migrantes foram resgatadas no Mediterrâneo em duas operações levadas a cabo pelos Médicos Sem Fronteiras (MSF). Os migrantes continuam a ignorar as recomendações das autoridades e apesar do percurso extremamente difícil e perigoso no mar, continuam a tentar chegar à Europa de barco, de forma ilegal.

Segundo a agência LUSA, os MSF, comunicaram que 90 pessoas, entre as quais, 35 crianças, estavam em perigo de vida e foram resgatadas num barco insuflável “em águas internacionais perto da Líbia”.

Depois de terem iniciado o resgate, receberam outra informação que dava conta de que outras 74 pessoas foram resgatadas no Mediterrâneo Central, depois de deixarem a costa líbia num barco insuflável.

A ONG usou as redes sociais para falar do estado dos migrantes “Todos estão seguros a bordo do [navio] Geo Barents e estão a ser tratados pela equipa" , esclareceu a ONG no Twitter.

O navio Geo Barents saiu do porto italiano de Augusta, na Sicília, no dia 1 de dezembro para navegar numa zona que não tinha navios humanitários há um mês.

O partido Fratelli d’itallia, da primeira-ministra Giorgia Meloni, já tomou medidas e aplicou a nova lei anti-imigração, isto é, o desembarque em solo italiano só em permitido para pessoas vulneráveis salvas pelos barcos das Organizações não governamentais.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline