31/01/2023
 
 
Mendonça Mendes passa a ser Adjunto de Costa. Marcelo não comenta mexidas no Governo

Mendonça Mendes passa a ser Adjunto de Costa. Marcelo não comenta mexidas no Governo

João Porfírio Jornal i 29/11/2022 18:40

Presidente aceitou propostas de nomeação. António Mendonça Mendes, muda de pasta e passa a braço direito do PM. Nuno Fazenda assume Turismo e Pedro Cilínio a secretaria de Estado da Economia.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, confirmou, esta terça-feira, que recebeu as propostas do Governo, que mexeu nas secretarias de Estado, mas recusou comentar as saídas, as entradas e a alteração de pasta.

"Não tenho mais nada a acrescentar, eu recebi três propostas, são três propostas", afirmou o chefe de Estado, em resposta aos jornalistas, à saída de uma iniciativa na Fundação Calouste Gulbenkian.

Na nota oficial, publicada no site da Presidência, podia ler-se que o chefe de Estado "aceitou hoje as propostas do Primeiro-Ministro de exoneração de três secretários de Estado: dos Assuntos Fiscais, da Economia, e do Turismo, Comércio e Serviços".

A par das exonerações, foram aceites as "propostas de nomeação" de António Mendonça Mendes,

até agora secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, para secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro, de Pedro Cilínio para secretário de Estado da Economia, em substituição de João Neves, e de Nuno Fazenda para secretário de Estado do Turismo, cargo deixado vago por Rita Marques.

Resta, no entanto, saber, a nota não adianta, quem assumirá a pasta dos Assuntos Fiscais em substituição de Mendonça Mendes.

A tomada de posse dos novos governantes está marcada para sexta-feira às 12h no Palácio de Belém.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline