28/01/2023
 
 
Corte nas pensões recua para 13,8% em 2023

Corte nas pensões recua para 13,8% em 2023

Bruno Gonçalves Sónia Peres Pinto 29/11/2022 18:35

A este corte há ainda a somar uma penalização de 0,5% por cada mês de antecipação face à idade normal de acesso à reforma que está fixada em 66 anos e quatro meses.

O corte das pensões por via do fator de sustentabilidade, aplicado a algumas reformas antecipadas, vai ser de 13,8% em 2023, recuando face aos 14,06% deste ano, segundo cálculos com base em dados do INE. 

A este corte há ainda que  somar uma penalização de 0,5% por cada mês de antecipação face à idade normal de acesso à reforma que está fixada em 66 anos e quatro meses.

Recorde-se que o sistema de pensões atualmente em vigor comporta várias situações em que o corte pelo fator de sustentabilidade não é aplicado, mesmo que a pessoa aceda à pensão antes da idade normal.

Estão neste caso as pessoas que, enquanto têm 60 anos de idade completam 40 anos de carreira contributiva, sendo que nesta situação se lhes aplica a penalização de 0,5% por cada mês de antecipação.

Já quem os que reúnem as condições previstas no âmbito do regime das muito longas carreiras contributivas (onde estão os trabalhadores com 60 ou mais anos de idade e 46 ou mais anos de descontos e começaram a trabalhar antes dos 16 anos) podem reformar-se sem qualquer penalização.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline