08/12/2022
 
 
China apresenta propostas para o desenvolvimento global

China apresenta propostas para o desenvolvimento global

Oficina i | Conteúdo patrocinado 21/11/2022 11:00

Na 17ª Cimeira dos Líderes do Grupo dos Vinte (G20), que agora terminou em Bali, Indonésia, o Presidente chinês, Xi Jinping, proferiu um importante discurso, usando "desenvolvimento" como palavra-chave.

PUB

Conteúdo Institucional – Ibéria Universal

A Declaração aprovada na Cimeira reflecte as opiniões da China e reafirma o seu compromisso de cooperação para enfrentar em conjunto os desafios económicos globais, para acelerar a realização dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e alcançar a prosperidade de todos.

Desde 2013, o Presidente Xi Jinping participou ou presidiu a sucessivas Cimeiras de Líderes do G20, apresentando as propostas da China para promoção da cooperação do G20 e o reforço da coordenação da macropolítica internacional. Nesta Cimeira de Bali, o líder chinês salientou que os membros do G20, enquanto grandes potências mundiais e regionais, devem desempenhar um papel exemplar, trabalhando para o desenvolvimento de todos os países, para o bem-estar da Humanidade e para o progresso do mundo.

O desenvolvimento é a chave para a resolução de todos os problemas e o motor principal da recuperação. De que tipo de desenvolvimento precisamos na situação actual?

Na cimeira, o Presidente Xi Jinping apresentou a ideia de promover um desenvolvimento global "mais inclusivo", "mais benéfico" e "mais resiliente".

Isto significa que os países que estão à frente devem ajudar genuinamente outros países a alcançar um desenvolvimento comum. A este respeito, a China recorda que no ano passado trabalhou com mais de 100 países e organizações internacionais para promover esta iniciativa, dando um novo impulso à implementação da Agenda das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável de 2030.

A economia mundial enfrenta actualmente o risco de recessão, e a subida das taxas de juro nos Estados Unidos e noutras economias desenvolvidas teve um enorme impacto nos mercados emergentes e nos países em desenvolvimento.

O Presidente Xi defende "a promoção de um desenvolvimento global mais resistente", propõe a construção de uma "parceria de recuperação económica global", e salienta que "as economias desenvolvidas, em particular, precisam de trabalhar em conjunto para promover a recuperação económica global".

A declaração da cimeira comprometeu-se também a continuar a apoiar a União Africana nos seus esforços para reforçar a preocupação da comunidade internacional com os países em desenvolvimento e para reforçar a voz destes países no sistema multilateral.

Atendendo a que os desafios mais prementes nesta área são a segurança alimentar e a energia, o Presidente chinês propôs o estabelecimento de uma parceria sobre mercadorias, opondo-se firmemente “à politização, instrumentalização e aproveitamento bélico das questões alimentares e energéticas”.

Isso facilitará o funcionamento regular das cadeias globais de abastecimento alimentar e energético, apoiando a estabilidade dos mercados e mitigando o impacto dos preços elevados.

Neste momento crucial para a economia global, devemos prestar mais atenção às questões de desenvolvimento do que nunca. É de grande importância para o G20 tomar ações práticas, precisas, rápidas e necessárias para impulsionar uma recuperação comum e forte.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline