29/11/2022
 
 
Guerra. Rússia acusada de enviar prisioneiros africanos para campo de batalha

Guerra. Rússia acusada de enviar prisioneiros africanos para campo de batalha

Jornal i 15/11/2022 14:51

“Putin está a enviar cidadãos africanos presos na Rússia para a guerra na Ucrânia", denunciou Oleg Nikolenko, o porta-voz da diplomacia ucraniana, através do Twitter.  

A Ucrânia acusou esta terça-feira a Rússia de enviar prisioneiros africanos no país para a frente de guerra depois que veio a público a morte de um estudante zambinano em combate que, alegadamente, cumpria pena numa prisão perto da capital russa. 

“Putin está a enviar cidadãos africanos presos na Rússia para a guerra na Ucrânia", denunciou Oleg Nikolenko, o porta-voz da diplomacia ucraniana, através do Twitter.  

 

Putin is sending African citizens imprisoned in Russia to the war in Ukraine. A former Zambian student was killed. We call on African Union and all African states to demand that Russia stop press ganging their nationals. Africans shouldn’t die for Putin’s sick imperial ambitions. pic.twitter.com/CopTP6OEy1

— Oleg Nikolenko (@OlegNikolenko_) November 15, 2022

 

Recorde-se que, na segunda-feira, a Zâmbia anunciou a morte de um dos seus cidadãos, Lemekhani Nathan Nyirenda, de 23 anos, "que morreu em 22 de setembro de 2022 na Ucrânia", enquanto deveria estar preso numa prisão na Rússia. 

O país pediu uma explicação à Rússia “sobre as circunstâncias em que um cidadão zambiano, que cumpria pena de prisão em Moscovo, poderia ter sido recrutado para lutar na Ucrânia e ter perdido a vida”.  

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline