03/12/2022
 
 
Visitante derruba dois bustos romanos nos Museus do Vaticano

Visitante derruba dois bustos romanos nos Museus do Vaticano

Shutterstock Jornal i 06/10/2022 17:09

O responsável pela destruição das obras tem 50 anos e, segundo a instituição, apresentou um "comportamento estranho" antes de danificar as estátuas.

Um homem derrubou na quarta-feira dois bustos da época romana que estavam exibidos nos Museus do Vaticano. O indivíduo, que foi detido por funcionários do museu, causou, segundo a instituição, "danos moderados" às duas obras de arte. 

 

Para além disso, segundo o El País, o museu - que se recusou a fornecer muitas informações, já que uma investigação sobre o que aconteceu está aberta -, afirmou que o homem está na casa dos cinquenta anos e “se comportou de maneira estranha” durante a sua visita.

O ataque aos bustos, que foram derrubados dos seus altos pedestais, ocorreu na sala Chiaramonti, que abriga mais de mil peças de arte milenares e compõe uma das coleções mais importantes deste tipo de peças romanas no mundo.

Segundo a instituição, o pessoal de segurança do museu imobilizou o homem enquanto a polícia do Vaticano chegou alguns minutos depois para prendê-lo. 

Segundo o perfil de Twitter @antigua_roma, com mais de 270 mil seguidores, o homem destruiu os bustos depois do Papa Francisco ter recusado recebê-lo.

O ataque mais significativo às obras de arte do Vaticano ocorreu em 1972, quando um húngaro pulou para um altar lateral na Basílica de São Pedro e atacou a ‘Pietà’ de Miguel Ângelo com uma marreta. Destruiu o braço esquerdo da Virgem e arrancou o nariz e o véu. Essa obra-prima renascentista está  agora protegida por vidro à prova de balas.

De acordo com o jornal espanhol, as duas esculturas em questão foram transferidas para o laboratório de restauração para análise e recuperação. 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline