05/12/2022
 
 
Espanha vai aumentar pensões segundo taxa de inflação

Espanha vai aumentar pensões segundo taxa de inflação

Dreamstime Sónia Peres Pinto 04/10/2022 19:10

Governo português vai dar bónus este mês aos reformados, mas em contrapartida, irá colocar teto máximo ao aumento das pensões em 2023.

Espanha vai manter o aumento das pensões indexado à inflação em 2023. A garantia foi dada pela ministra espanhola das Finanças, María Jesús Montero, no dia em que o executivo aprovou a proposta de Orçamento do Estado para o próximo ano. O documento aprovou uma proposta de Orçamento do Estado para 2023 com um teto de gasto de 198 211 milhões de euros. Este valor representa um aumento de mais 1,1% face a este ano e representa o valor mais alto de sempre, como já tinha sido anunciado em julho.

No caso das pensões, María Jesus Montero esclarece que esta subida em 2023 vai ser feita em função da inflação, tal como prevê a legislação espanhola, ou seja, está dependente do valor da inflação de novembro, uma vez que, resulta de um cálculo médio. No entanto, a ministra aponta para valores na ordem dos 8,5%, o que se traduzirá num aumento de 11,4% nas verbas destinadas ao pagamento de pensões e reformas em 2023.

Em Portugal, esta subida está envolvida em polémica. Isto porque, o Governo vai dar este mês aos reformados um bónus extra de meia pensão mas, em contrapartida, coloca um teto ao aumento das pensões em 2023. Na prática, o aumento em 2023 que, nas pensões mais baixas poderia rondar os 7 a 10% (dependendo do valor final da inflação de 2022 + 20% do aumento do PIB em 2022) irá ter aumentos de 4,43%, cerca de metade ou mesmo menos de metade do que resultaria da lei.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline