04/12/2022
 
 
PCP emite nota crítica a Gorbachov sem qualquer palavra de pesar

PCP emite nota crítica a Gorbachov sem qualquer palavra de pesar

Bruno Gonçalves Jornal i 31/08/2022 17:50

Antigo líder soviético morreu esta terça-feira aos 91 anos. 

O Partido Comunista (PCP) emitiu esta quarta-feira uma nota crítica ao ex-líder soviético Mikhail Gorbachov, culpando-o pela restauração do capitalismo na Rússia e sem emitir qualquer palavra de pesar pela sua morte.

"Gorbachov foi um dos principais responsáveis pela destruição da União Soviética e a restauração do capitalismo na Rússia, quando o que se impunha era o aperfeiçoamento do socialismo", lia-se no início do comunicado.

Para os comunistas, Gorbachov "contribuiu para abrir caminho à contra-ofensiva do imperialismo para recuperar as posições perdidas ao longo do século XX e impor a sua hegemonia no plano mundial, com as graves consequências que daí advieram para os direitos dos trabalhadores, a soberania dos povos, a segurança na Europa e a paz no mundo", sendo que a comprovar esta tese estão "as guerras da Jugoslávia, do Iraque, da Líbia, da Síria, do Iémen, da Ucrânia, entre outras".

"O reconhecimento e rasgados elogios que lhe são despendidos pelos responsáveis dos EUA, da UE e da NATO falam por si", conclui a nota.

Gorbachov morreu esta terça-feira aos 91 anos no Hospital Clínico Central, na Rússia. O gabinete do ex-chefe de Estado tinha dito que estava em tratamento hospitalar, mas não foram adiantados mais pormenores. 

Mikhail Gorbachov foi o último líder da União Soviética e, entre 1985 e 1991, desencadeou várias mudanças que resultaram no colapso do Estado soviético, na libertação da nações do Leste Europeu do domínio russo e no fim do confronto nuclear Leste-Oeste. 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline