09/12/2022
 
 

Sanna Marin. Por que raio há de sempre haver guerra de sexos?

E, no vídeo divulgado, a primeira-ministra finlandesa em momento algum parece estar para lá de Bagdade, logo as críticas são tolas e desnecessárias.

Sanna Marin, primeira-ministra da Finlândia, foi atacada pelos conservadores por ter aparecido numa festa a dançar e, supostamente, a beber álcool, e há mesmo, creio, quem peça a sua cabeça. Não percebo porquê, atendendo a que Sanna Marin é uma pessoa e tem todo o direito a divertir-se fora do seu horário de expediente. É óbvio que um chefe de Governo tem de estar sempre pronto para qualquer emergência e não pode “enfrascar-se” como o comum dos mortais.

Mas que pode beber umas vodkas, lá isso pode. E, no vídeo divulgado, a primeira-ministra finlandesa em momento algum parece estar para lá de Bagdade, logo as críticas são tolas e desnecessárias.

À conta desta história logo surgiram xs defensorxs do politicamente correto, gritando aos sete ventos que se fosse um homem ninguém o criticaria. Percebo que a memória, hoje em dia, é curta, mas não foi assim há tanto tempo que Boris Johnson foi crucificado por ter aparecido numa discoteca com uma gravata na cabeça. E, não. Não estou a falar das célebres festas de Downing Street durante a pandemia. Não faltam exemplos de homens políticos que foram atacados sem dó nem piedade por serem boémios, obrigando mesmo alguns a negarem que alguma vez tenham estado em discotecas. Eu que vi alguns tantas vezes, não parei de rir quando um deles disse na televisão que nunca foi frequentador de casas de animação noturna.

Deixando o humor para trás, e o que dizer do que foi escrito sobre as célebres festas bunga bunga de Silvio Berlusconi? Que era um depravado, que havia prostituas nas tais festas, que era uma vergonha o homem gostar de jacuzzis e de mulheres bonitas. Não sei se havia ou não prostitutas, mas que o homem era atacado por gostar de mulheres, lá isso era.

Voltando a Sanna Marin, que faça as festas que muito bem entender, com quem quiser, pois não consta que seja freira ou que esteja a caminho de um convento. E acabem lá com essa guerra entre homens e mulheres. Cada um que seja feliz à sua maneira.

P. S. Parece que os russos estiveram por detrás da divulgação das imagens de Sanna Marin, e isso, sim, é preocupante.

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline