30/01/2023
 
 
Aberto inquérito sobre caso da grávida do Seixal que foi transportada para Caldas da Rainha

Aberto inquérito sobre caso da grávida do Seixal que foi transportada para Caldas da Rainha

Bruno Gonçalves Jornal i 25/08/2022 13:25

O caso aconteceu na segunda-feira quando uma mulher de 26 anos, residente na Amora, concelho do Seixal, chamou o INEM devido a fortes dores abdominais. Sem haver disponibilidade nos hospitais dos distritos de Setúbal e Lisboa, a grávida foi levada para o Hospital de Santarém e ainda precisou de ser transferida para Caldas da Rainha, também devido a uma falha na equipa médica. 

Foi aberto um inquérito pela Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) com o objetivo de apurar as circunstâncias do atendimento a uma grávida do Seixal que foi transportada para o Hospital das Caldas da Rainha.

A autoridade em resposta à agência Lusa confirmou que "abriu um processo de inquérito para apuramento das circunstâncias em que decorreu o atendimento de uma grávida residente no concelho do Seixal que foi transportada para o Hospital Distrital de Santarém e posteriormente transferida para a unidade de Caldas da Rainha do Centro Hospitalar do Oeste (CHO)".

A ARSLTV ainda disse que só falará sobre a situação após a conclusão do processo.

Segundo avançou o Correio da Manhã, o caso aconteceu na segunda-feira quando uma mulher de 26 anos, residente na Amora, concelho do Seixal, chamou o INEM devido a fortes dores abdominais.

O socorro foi imediato, no entanto todos os hospitais dos distritos de Setúbal e Lisboa estavam indisponíveis para atender a mulher devido à falta de médicos. Desta forma, a grávida foi transportada de madrugada para o Hospital de Santarém, que fica a mais de 100 quilómetros de casa.

Ainda assim, a mulher precisou de sair desta unidade hospitalar porque iria deixar de ter anestesista a partir das 08h, conforme a versão do marido da grávida dita ao órgão de comunicação supramencionado.

A mulher foi transferida para o Hospital das Caldas da Rainha, no distrito de Leiria, onde a criança acabou por nascer na terça-feira. A menina está bem de saúde.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline