26/09/2022
 
 
Europa. Pontapé de saída em Espanha e Itália

Europa. Pontapé de saída em Espanha e Itália

AFP José Miguel Pires 12/08/2022 09:20

O campeonato do país vizinho arranca hoje, colocando frente a frente Osasuna e Sevilha. Em Itália, o tiro de partida está marcado para amanhã, com quatro interessantes duelos em perspetiva. 

Se o fim de semana passado foi de jornada inaugural para os campeonatos nacionais de futebol em Inglaterra, Alemanha, França e Portugal, os próximos dias trarão a abertura das novas temporadas do futebol espanhol e italiano.

Hoje, no estádio El Sadar, o Osasuna recebe o Sevilha de Julen Lopetegui, antigo treinador do FC Porto, onde jogam os internacionais Jesús ‘Tecatito’ Corona, Fernando e Óliver Torres, bem como o recém-contratado Alex Telles, todos eles com passagens pelo Estádio do Dragão, treinador incluído.

Os sevilhanos findaram a temporada anterior no quarto lugar da tabela classificativa, a 16 pontos do campeão Real Madrid, mas a apenas um ponto do Atlético de Madrid, terceiro classificado, depois de uma renhida luta pelo lugares do topo da tabela. 

Já o Osasuna vem de fechar a época passada no 10.º lugar, mantendo-se consistentemente em posições confortáveis desde a sua subida à primeira divisão em 2020.

É no sábado, no entanto, que decorre um dos jogos mais interessantes desta primeira jornada: o Barcelona – segundo classificado na temporada anterior – vai enfrentar, em Camp Nou, os madrilenos do Rayo Vallecano. Será o primeiro teste para um Barcelona fragilizado financeiramente, que teve uma época de altos e baixos da qual procura agora redimir-se.

Itália ao rubro Também no sábado, arranca em Itália a nova temporada da Serie A, com os campeões em título do AC Milan, onde joga o português Rafael Leão, a receber, em San Siro, a Udinese, que segue assim para o seu 50.º ano consecutivo na principal divisão do futebol italiano.

A temporada passada foi de sucesso para os rossoneri, que procurarão agora revalidar o título de campeão nacional que lhes fugiu durante 11 anos. Curiosamente, no entanto, não têm tido a vida facilitada pela Udinese, com quem empataram a uma bola nos últimos três confrontos diretos.

É preciso recuar até novembro de 2020 para encontrar a última vitória dos milaneses sobre o emblema de Udine, que, avançou a imprensa desportiva, deverá oficializar nos próximos dias a chegada do jovem português Vivaldo Semedo, de apenas 17 anos.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline