07/10/2022
 
 
Restos mortais encontrados em Almancil são de uma mulher desaparecida desde junho

Restos mortais encontrados em Almancil são de uma mulher desaparecida desde junho

Eduardo Martins Jornal i 11/08/2022 13:32

Trata-se de Sandra Andrade e era condutora de um veículo de transporte de passageiros.

Os restos mortais encontrados numa mala na zona de mato em Almancil pertencem a uma mulher de 49 anos, residente em Quarteira, que estava desaparecida desde o final de junho.

A sua identidade foi revelada. Trata-se de Sandra Andrade e era condutora de um veículo de transporte de passageiros. Estava desaparecida desde finais de junho, depois de ter saído para um serviço.

Sandra Andrade era condutora de um veículo de transporte de passageiros e estava desaparecida desde finais de junho, depois de ter saído para realizar um serviço.

"Todos os indícios recolhidos até ao momento apontam para que o cadáver pertença a essa pessoa que estava desaparecida", confirmou uma fonte policial à agência Lusa, acrescentando que a família da vítima já foi informada.

Ainda estão a ser realizadas perícias para confirmar definitivamente a identidade da vítima e determina as circunstâncias da morte, afirmou a mesma fonte.

O corpo de Sandra Andrade foi encontrado numa zona de mato pouco acessível, em Almancil, no concelho de Loulé, após um civil que fazia trabalhos no campo detetar as ossadas, devido ao mau cheiro que se fazia sentir no local, esta segunda-feira.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline