02/12/2022
 
 
TikTok. Quem é quem no panorama internacional

TikTok. Quem é quem no panorama internacional

José Miguel Pires 02/08/2022 19:55

Em Portugal, a classe política vai lentamente entrando no mundo do TikTok, mas ‘lá fora’ a plataforma não é novidade, e alguns dos políticos mais reconhecidos do panorama internacional já têm presença assídua na mesma.

Emmanuel Macron

O Presidente francês, que foi reeleito em 2022 frente a Marine Le Pen, é um utilizador ativo do TikTok, onde tem 2,9 milhões de seguidores e mais de 20 milhões de gostos. A maioria dos vídeos que publica são feitos num formato de selfie, sem grandes ‘brincadeiras’ ou ‘dancinhas’, mas sim com mensagens políticas concisas e diretas. O primeiro vídeo publicado na conta oficial do Presidente francês data de 7 de julho de 2020, e desde então o tom em que fala vai variando: ora aparece muito sério, falando sobre o Acordo de Paris, ora coloca como protagonista o seu cão, Nemo, acompanhado de uma banda sonora... ‘divertida’. 

Marine Le Pen 

As eleições de 2022 em França foram um confronto de forças de esquerda e de direita que culminaram com a reeleição de Emmanuel Macron, deixando derrotada Marine Le Pen. A líder da Frente Nacional, no entanto, ganhou terreno, e há um novo fator que desempenhou, dizem alguns especialistas, um forte papel nestas eleições: o TikTok. É que, em tempo de campanha eleitoral, Macron não foi o único a utilizar ‘em força’ esta plataforma. Le Pen aderiu também à mesma, acumulando, à hora de fecho desta edição, cerca de 550 mil seguidores e cerca de 4,5 milhões de ‘gostos’. Números substancialmente mais baixos do que os do Presidente francês, mas que ainda assim mostram já uma presença notável da deputada na Assembleia Nacional francesa. O primeiro vídeo no seu perfil data de outubro de 2021, onde Le Pen se apresenta oficialmente à plataforma, garantindo saber que “o TikTok é uma plataforma dos jovens, para quem tenho várias propostas”.

Bongbong Marcos

A popularidade do TikTok é mundial, mas ganha um especial ênfase no continente asiático, até porque é lá que se encontram as suas raízes. Políticos do mundo inteiro usam a rede para transmitir as suas mensagens, e esta região não é exceção. Nas Filipinas, o Presidente Ferdinand Marcos y Romuáldez, mais conhecido como Bongbong Marcos, que foi eleito nas eleições de maio deste ano, é também um dos políticos que decidiu apostar no TikTok para fazer passar a sua mensagem ao país. Tem cerca de 1,6 milhões de seguidores e cerca de 8 milhões de ‘gostos’, publicando conteúdos sérios, mas com um tom juvenil e informal. Tome-se o exemplo de um vídeo sobre a pandemia da covid-19, em que o Presidente filipino refere medidas de proteção pessoal contra o novo coronavírus, mas com a ajuda de gráficos e efeitos visuais e sonoros que tornam o vídeo mais informal. O perfil não tem, no entanto, assim tantos vídeos, datando o primeiro de agosto de 2021.

Matteo Salvini

Matteo Salvini é líder da Liga Norte e senador no Senado italiano, sendo conhecido como um dos políticos mais infulentes da atualidade na política italiana. É, também, utilizador do TikTok, onde gere um perfil com quase 450 mil seguidores e cerca de 5,5 milhões de gostos. Tal como vários outros políticos a nível internacional, a maioria dos seus conteúdos prende-se com vídeos das suas viagens pelo país, promovendo a sua mensagem política. O tom é geralmente sério, e são poucos os vídeos produzidos exclusivamente para o TikTok. O seu perfil tem dezenas e dezenas de vídeos, o primeiro dos quais foi publicado em novembro de 2019, fazendo de Salvini um dos mais ‘veteranos’ utilizadores da plataforma, no que toca aos protagonistas da política internacional.

Nicolás Maduro

A Venezuela chegou a ser, em 2018, nomeada como o país com a internet mais lenta do mundo. Naquela altura, estimava-se que a velocidade média era de 1,61 Mbits/segundo, quando a média global se situava nos 20 Mbits/segundo. Esses detalhes não significam, no entanto, que o regime de Nicolás Maduro esteja fora do mundo digital. O Presidente da Venezuela tem uma conta no TikTok com cerca de 570 mil seguidores e cerca de 4 milhões de ‘gostos’. É por lá que partilha, com a sua dose de ‘sabor’ latino-americano – seja através da música ou do tom do seu discurso – as várias medidas e propostas que vai levando a cabo pelo país. Chega mesmo a ter um ‘pé de dança’ com a sua mulher, à medida que anuncia novas propostas para o país latino-americano. Maduro é um ávido utilizador da rede social, onde se encontram centenas e centenas de vídeos, sendo até difícil encontrar o primeiro, que data de abril de 2020.

Jair Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, é o orgulhoso dono de uma conta no TikTok com cerca de 2 milhões de seguidores e cerca de 22 milhões de ‘gostos’, números estonteantes dos quais o chefe do Governo brasileiro e capitão do exército do país – como faz questão de realçar na descrição oficial da sua conta – usa para promover a sua mensagem política, especialmente quando se aproximam as eleições presidenciais do país, marcadas para outubro deste ano. O tom dos vídeos de Bolsonaro varia dos mais sérios aos mais ‘brincalhões’, sendo um dos mais recentes, por exemplo, um curto clip ao som da música oficial do filme Missão Impossível, onde se vê o Presidente brasileiro no seu gabinete, a falar ao telefone e a gravar vídeos com vários telemóveis em simultâneo. Bolsonaro não chegou à rede social há muito tempo, datando o seu primeiro vídeo de maio deste ano. No Brasil, no entanto, Bolsonaro não é o único a fazer uso da plataforma. O seu rival nas eleições presidenciais, Lula da Silva, também é utilizador da rede social, onde tem cerca de 432 mil seguidores e 2,4 milhões de ‘gostos’.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline