26/11/2022
 
 
Monkeypox. Portugal entre os países com mais casos do mundo

Monkeypox. Portugal entre os países com mais casos do mundo

Jornal i 26/07/2022 17:39

"Até 22 de julho, os dez países que registaram o maior número acumulado de casos a nível mundial são a Espanha (3.125), os Estados Unidos da América (2.316), a Alemanha (2.268), o Reino Unido (2.137), a França (1.453), os Países Baixos (712), o Canadá (615), o Brasil (592), Portugal (588) e a Itália (374)", refere a OMS.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou esta terça-feira que Portugal é o nono país do mundo com mais casos acumulados de Monkeypox.

"Até 22 de julho, os dez países que registaram o maior número acumulado de casos a nível mundial são a Espanha (3.125), os Estados Unidos da América (2.316), a Alemanha (2.268), o Reino Unido (2.137), a França (1.453), os Países Baixos (712), o Canadá (615), o Brasil (592), Portugal (588) e a Itália (374)", refere a OMS, acrescentando que estes países representam, ao todo, 89% dos casos a nível mundial reportados até à data. 

Hans Kluge, diretor da OMS para a Europa, referiu, numa declaração hoje divulgada, que desde 13 de maio, cerca de 12 mil casos prováveis ou confirmados foram reportados em vários países europeus. Destes, 8% resultaram em hospitalização, mas sem registar qualquer morte relacionadas com as infeções. 

Por sua vez, a nível mundial, o número de casos semanalmente aumentou quase o dobro (48%) na semana de 18 e 24 de julho quando comparado com a semana anterior, resultando em 16.016 infeções pelo Monkeypox em 75 países, com cinco mortes a registar. 

Recorde-se que a OMS declarou, no sábado passado, o surto de Monkeypoz como uma emergência de saúde pública de preocupação internacional, o nível mais alto de alerta.

"Temos um surto que se está a espalhar rapidamente à volta do mundo, através de novos modos de transmissão, do qual sabemos muito pouco e que cumpre os critérios dos regulamentos internacionais de saúde", adiantou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em conferência de imprensa, após a reunião do Comité de Emergência que avaliou a evolução da doença no mundo.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline