12/08/2022
 
 
Julgamento entre Depp e Heard. Kate Moss explica por que testemunhou a favor do ex-namorado

Julgamento entre Depp e Heard. Kate Moss explica por que testemunhou a favor do ex-namorado

AFP Jornal i 25/07/2022 11:38

"Tinha de dizer a verdade", afirmou a manequim, numa entrevista.

A manequim Kate Moss, ex-namorada de Johnny Depp, revelou que concordou em testemunhar no julgamento por difamação, entre o ator e a sua ex-mulher Amber Heard, porque sentiu que "tinha de dizer a verdade".

Numa entrevista ao programa Desert Island Discs da BBC Radio 4, Kate Moss disse, à apresentadora Lauren Laverne, que sabe a "verdade sobre Johnny". "Sei que ele nunca me empurrou pelas escadas abaixo. Eu tinha de dizer a verdade", explicou.

Recorde-se que a equipa de advogados de Johnny Depp pode chamar a sua ex-namorada a depor depois de Amber Heard ter insinuado que o ator tinha empurrado Kate Moss de umas escadas, quando estes eram namorados nos anos 90.

No seu breve depoimento em tribunal, realizado por videoconferência, a manequim, de 48 anos, disse que nunca tinha sido empurrada por Depp, negando que o ator algum dia tivesse cometido qualquer tipo de violência doméstica contra si.

Moss recordou o momento do qual Heard se referia em tribunal: "Estávamos a sair da sala, e o Johnny saiu antes de mim. Tinha chovido imenso e, ao sair da sala, escorreguei nas escadas e magoei-me nas costas”.

E acrescentou: "Gritei, porque não sabia o que me tinha acontecido e estava a sofrer. Ele voltou a correr para me ajudar, levou-me de volta para o meu quarto, e chamou um médico”.

Já a defesa de Amber Heard recusou-se a contra-interrogar a manequim na sessão em tribunal.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline