30/01/2023
 
 
Portugal continental não vai voltar à situação de alerta

Portugal continental não vai voltar à situação de alerta

Miguel Silva Jornal i 24/07/2022 12:31

Sublinhe-se que hoje há mais de 80 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Guarda, Coimbra, Viseu, Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Faro que estão sob perigo máximo de incêndio rural. 

Portugal não vai voltar à situação de alerta pelo risco de incêndio rural, anunciou, este domingo, a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar.

A decisão foi tomada este domingo após uma reunião entre a Proteção Civil e membros das áreas governativas da Defesa Nacional, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, da Saúde, do Ambiente e Ação Climática e da Agricultura e Alimentação.

Ainda assim, é de sublinhar que hoje há mais de 80 concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Guarda, Coimbra, Viseu, Santarém, Castelo Branco, Portalegre e Faro que estão sob perigo máximo de incêndio rural, segundo o alerta emitido pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Já os distritos de Beja e Faro vão estar em alerta vermelho devido ao risco de incêndios nos dias 25 e 26, pelo que "vai haver um reforço de meios", avançou o André Fernandes, segundo comandante nacional de Emergência e Proteção Civil na conferência de imprensa após a reunião com o Governo.  

A situação de alerta será reavaliada na próxima terça-feira, dia em que o perigo de incêndio rural ainda estará elevado para algumas regiões de Portugal continental.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline