09/08/2022
 
 
Justiça. R. Kelly condenado a 30 anos de prisão por tráfico sexual

Justiça. R. Kelly condenado a 30 anos de prisão por tráfico sexual

AFP Jornal i 29/06/2022 21:07

R. Kelly manteve-se calmo durante o julgamento e negou todas as acusações.

O cantor R. Kelly, a voz por trás do sucesso "I Believe I Can Fly", foi condenado a 30 anos de prisão pelos crimes de tráfico sexual e crime organizado. 

De acordo com a Sky News, o artista, de 55 anos, foi confrontado com algumas das vítimas em tribunal, tendo sido acusado de liderar um esquema organizado de tráfico sexual e abuso sexual de menores e mulheres. 

"Obrigou-me a fazer coisas. Desejei literalmente morrer por causa do quão mal me fez sentir", disse uma das vítimas. 

Outra delas, que terá sido abusada quando tinha 17 anos admitiu que teve "medo": "Fui ingénua e não sabia lidar com a situação".

Durante estes testemunhos, em que as vítimas notaram que o cantor se "sentia como um Deus", usando "a fama e o pode" para as intimidar e levar a fazer o que queria a nivel sexual", R. Kelly manteve-se calmo, não demonstrando nenhum tipo de reação. 

De acordo com o NBC Chicago, os boatos acerca do cantor começaram a surgir nos anos 90, quando, em 1997, R. Kelly foi processado por uma mulher que alegou que o cantor a tinha agredido e assediado sexualmente quando esta ainda era menor. Onze anos depois, foi absolvido da acusação de pornografia infantil.

Robert Sylvester Kelly, o nome verdadeiro do artista que ganhou três Grammys, negou as acusações e afirmou que os "relacionamentos" eram consentidos por ambas as partes.
 

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline