16/08/2022
 
 
Cerca de 2.000 pessoas foram retiradas de Málaga devido a um incêndio

Cerca de 2.000 pessoas foram retiradas de Málaga devido a um incêndio

Jornal i 09/06/2022 13:46

O incêndio começou na tarde de quarta-feira em Sierra Bermeja, quando uma forte onda de calor atinge Espanha, com picos acima de 40 graus esperados para a região da Andaluzia, no sul.

Cerca de 2.000 pessoas foram retiradas entre a noite de quarta-feira e hoje devido a um incêndio na província de Málaga, na região espanhola da Andaluzia, onde 10.000 hectares foram destruídos pelas chamas em 2021, segundo as autoridades locais.

O incêndio começou na tarde de quarta-feira em Sierra Bermeja, quando uma forte onda de calor atinge Espanha, com picos acima de 40 graus esperados para a região da Andaluzia, no sul.

De acordo com as autoridades andaluzas, cerca de 500 bombeiros e membros da Unidade Militar de Emergência foram mobilizados para apagar o fogo, descrito como poderoso e "complicado" de controlar devido ao vento e ao terreno acidentado "de difícil acesso".

De acordo com os serviços de emergência, "2.000 pessoas foram retiradas" por causa do fogo. Três bombeiros ficaram feridos, um dos quais sofreu queimaduras graves e foi transportado para o hospital em Málaga.

A noite de quarta-feira foi "difícil na Sierra Bermeja", declarou na rede social Twitter o primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, que expressou "apoio e solidariedade aos habitantes afetados".

Em setembro passado, a região de Sierra Bermeja enfrentou durante uma semana um forte incêndio, que devastou quase 10.000 hectares de floresta e causou um morto, um bombeiro de 44 anos.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline