27/06/2022
 
 
Man. City revalida título na Premier League em última jornada 'de loucos'

Man. City revalida título na Premier League em última jornada 'de loucos'

Facebook - Manchester City José Miguel Pires 22/05/2022 18:14

O Manchester City venceu o Aston Villa por 3-2 na última jornada da Premier League, conquistando o título de campeão nacional. O Liverpool bateu o Wolverhampton por 3-1, mas terá de se contentar com o segundo lugar.

Que emoção, que ansiedade e que nervos marcaram a última jornada da Premier League. Se ainda restavam dúvidas sobre se esta é, ou não, a liga de futebol mais competitiva e emocionante do mundo, a 38.ª e última jornada que se viveu neste domingo servirá de argumento para colocar um ponto final a essa discussão.

O Manchester City, campeão em título à entrada desta última jornada, onde jogam os portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva, precisava apenas de uma vitória frente ao Aston Villa de Steven Gerrard para se sagrar bicampeão nacional. E foi mesmo uma vitória que conquistaram. Não, no entanto, sem fazer sofrer um pouco os seus adeptos. É que logo atrás estava o Liverpool de Jürgen Klopp, emblema do português Diogo Jota, que estava atento a qualquer 'deslize' dos citizens para, vencendo o Wolverhampton de Bruno Lage e de mais uns quantos jogadores portugueses, sagrar-se campeão nacional.

E os reds estiveram bem perto de ultrapassar o City e sagrar-se campeões nacionais. Aos 84 minutos de jogo, e depois de estar a perder por 1-0, Mo Salah acabou por marcar o golo que colocou o Liverpool em vantagem frente ao Wolverhampton, depois de Sadio Mané ter atingido o empate. Sonhava-se, então, em Anfield Road, com o título nacional, especialmente após, aos 89 minutos, Robertson, assistido por Firmino, ter feito o 3-1, selando a vitória.

Em Manchester, no entanto, jogou-se um dos confrontos que sem dúvida ficará para sempre na história do futebol inglês. É que a equipa da casa chegou a estar a perder por 2-0 frente ao Aston Villa de Steven Gerrard, o 'menino dourado' do Liverpool que sonhava assim com dar uma felicidade ao clube da sua vida enquanto jogador. Os citizens, no entanto, puseram o pé no acelerador e mostraram porque é que são considerados uma das melhores equipas do mundo. No espaço de apenas seis minutos, com dois golos de Gündoğan e mais um de Rodri, o Manchester City deu a volta ao marcador, garantindo a vitória e, consequentemente, sagrando-se campeão nacional inglês.

Felicidade para uns, tristeza para outros. Fica, no entanto, o registo de uma das jornadas mais intensas da história do futebol europeu. O Liverpool, que conquistou recentemente a Taça de Inglaterra e a Taça da Liga inglesa, e que sonhava com alcançar o título que lhe foge desde 2020, terá agora de esperar até ao próximo ano para tentar novamente. Na calha está ainda, no entanto, a Liga dos Campeões, cuja final se joga a 28 de maio.

O Manchester City, por sua vez, ergue a taça do campeonato nacional pelo segundo ano consecutivo, e pela oitava vez na sua história.

Destaque também, nesta jornada, para as goleadas, respetivamente, do Arsenal, por 5-1, frente ao Everton, e do Tottenham, por 5-0, frente ao Norwich City. E, por outro lado, para a derrota do Manchester United de Cristiano Ronaldo, Bruno Fernandes e Diogo Dalot frente ao Crystal Palace, por 1-0.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline