29/06/2022
 
 
Dois comandantes do Batalhão Azov adicionados à lista de procurados da Rússia

Dois comandantes do Batalhão Azov adicionados à lista de procurados da Rússia

AFP Jornal i 19/05/2022 13:08

 A dupla, segundo as autoridades russas, está envolvida num atentado contra oito efetivos militares da Rússia no sul da Ucrânia.  

A Rússia adicionou dois comandantes do Batalhão Azov numa lista de busca e captura por terem alegadamente atentado contra a vida de pelo menos oito soldados russos, na região de Kherson.

A informação foi avançada pela agência Interfax, que revela os nomes de Serguei Velichko e de Konstantin Nemichev como sendo os dois homens procurados pelo Ministério do Interior da Rússia. A dupla, segundo as autoridades russas, está envolvida num atentado contra oito efetivos militares da Rússia no sul da Ucrânia.  

Para o Comité de Investigação da Rússia, o Batalhão Azov é um regimento ucraniano integrado nas Forças Armadas da Ucrânia considerado "terrorista" e visto como “nazi” pelo poder político de Moscovo.

De acordo com o Ministério da Defesa russo, nas últimas 24 horas, 771 combatentes do Batalhão Azov, em Mariupol, renderam-se. "No total, desde 16 de maio [segunda-feira], 1.730 combatentes, incluindo 80 feridos, foram feitos prisioneiros", indicou o ministério.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline