29/06/2022
 
 
Cinco diplomatas portugueses expulsos da Rússia

Cinco diplomatas portugueses expulsos da Rússia

Dreamstime Jornal i 19/05/2022 11:08

Portugal agora junta-se à lista de países cujos diplomatas foram obrigados a sair da Rússia. Entre estes estão França, Espanha e Itália que ontem foram informados da expulsão de dezenas de funcionários das suas embaixadas naquele país.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia anunciou, esta quinta-feira, que vai expulsar cinco diplomatas portugueses.

De acordo com a agência Reuters, esta decisão é uma retaliação aos dez funcionários russos que foram considerados, no início de abril, pelo Governo português como persona non grata, tendo apenas duas semanas para abandonar Portugal.

Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros português revelou que a embaixadora de Portugal em Moscovo, Madalena Fischer, foi chamada, esta manhã, ao ministério russo, onde foi informada da expulsão dos diplomatas.

"Este passo hostil terá impacto negativo nas relações russo-portuguesas", adiantou o ministério, que ainda informa que os cinco funcionários têm 14 dias para deixar a Rússia.

O Governo português repudia "a decisão das autoridades russas, que não tem qualquer justificação que não seja a simples retaliação".

"Ao contrário dos funcionários russos expulsos de Portugal, estes funcionários nacionais levavam a cabo atividades estritamente diplomáticas, em absoluta conformidade com a Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas", aponta o Executivo numa nota enviada às redações.

Portugal agora junta-se à lista de países cujos diplomatas foram obrigados a sair da Rússia. Entre estes estão França, Espanha e Itália que ontem foram informados da expulsão de 34, 27 e 24 dos funcionários das suas embaixadas naquela país, respetivamente.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline