30/11/2022
 
 
Liga Bwin. Dragão lança chamas na Luz

Liga Bwin. Dragão lança chamas na Luz

AFP Mafalda Domingues 14/05/2022 13:40

FC Porto conquista o 30.º título no Estádio da Luz, num Inferno que queimou as ‘águias’. Com uma jornada por jogar, os ‘dragões’ ainda podem tornar esta época mais histórica.  

Foram precisos 11 anos para o Futebol Clube do Porto voltar a celebrar o título de campeão nacional no Estádio da Luz.

No passado sábado, o ‘salvador’ Darwin ainda acendeu um réstia de esperança ao Benfica, mas por apenas dois centímetros da linha do fora de jogo, os ‘encarnados’ acabaram por tomar um ‘banho de água fria’, no que se tornou num autêntico Inferno na Luz.

A vitória das ‘águias’ só adiava o inevitável. O FC Porto precisava apenas de um empate para conquistar o 30.º título, mas o nigeriano Zaidu selou o campeonato, com um golo no tempo de compensação. O golo do título valeu a Zaidu um abraço sentido do presidente Pinto da Costa, que em 40 anos na liderança, conquistou tudo o que havia para conquistar.

Nas reações à vitória, Pinto da Costa fez questão de criticar, numa entrevista ao Porto Canal, a forma como o Presidente da República e o primeiro-ministro felicitaram os ‘dragões’. «Do Presidente não recebi nada, do Governo recebi do secretário de Estado do Desporto. Mas o senhor primeiro-ministro felicitou treinadores, jogadores e adeptos e teve o cuidado de deixar de fora os dirigentes», afirmou, continuando a alvejar a classe política. «O poder político tem a mentalidade que Portugal é apenas Lisboa. É perfeitamente normal num país ridiculamente centralista», considerou. 

Desde o verão de 2017, Sérgio Conceição já ganhou com a braçadeira de treinador: três títulos de campeão nacional, uma Taça de Portugal e uma Supertaça Cândido de Oliveira. Porém, o 30.º título tem outro gosto, uma vez que Conceição poderá bater recordes.

Começando pela vitória na Luz, o FC Porto é agora o segundo clube a conquistar pela trigésima vez o campeonato nacional e entra na lista de equipas com 30 ou mais títulos vencidos em ligas europeias. E, embora o troféu esteja garantido, os ‘dragões’ ainda têm mais uma jornada pela frente. Caso empata ou vença o Estoril, Conceição atinge o melhor registo de pontos de sempre numa só edição do campeonato, ultrapassando os 88 pontos – marca alcançada pelo Benfica em 2015/16 e pelo próprio Conceição, logo na primeira época.

Mais um pormenor quanto ao clássico: os ‘dragões’ estão a manter a maior série de sempre sem perder o dérbi frente ao Benfica – nove partidas, sendo que três delas aconteceram esta época. Este dado reflete-se na consistência e qualidade que os jogadores desempenharam ao longo da época.

O FC Porto carimba o título com apenas quatro empates e uma derrota em 33 partidas disputadas. O esquadrão de Conceição foi quem teve o melhor ataque, com 84 golos marcados, e também a melhor defesa desde o jogo da Luz, ao sofrer 22 golos. Este marco era detido pelo Sporting até à 33.º jornada, no entanto como consentiu dois golos ao Portimonense, acabou por perder esse estatuto. 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline