20/05/2022
 
 
Tenistas que se apresentem a favor de Vladimir Putin serão punidos no Roland Garros

Tenistas que se apresentem a favor de Vladimir Putin serão punidos no Roland Garros

Dreamstime Jornal i 12/05/2022 19:21

A regra foi apresentada pela diretora do torneio francês. 

A diretora do torneio de Roland Garros – segundo Grand Slam da temporada – avisou, esta quinta-feira, que os tenistas que demonstrarem apoio ao Presidente da Rússia, no âmbito da invasão da Ucrânia, serão sujeitos a sanções.

"Estamos de acordo com o que foi decidido pelos ministros do Desporto da UE. Não vamos receber equipas, mas atletas individuais [russos e bielorrussos]. Obviamente, se um atleta comparecer perante a imprensa pró-Putin, haverá sanções", vincou Amelie Mauresmo, antiga número um mundial, em entrevista à rádio France Inter.

Amelie Mauresmo também lembrou que "o princípio da neutralidade" será imposto no torneio, ou seja, não serão ouvidos hinos ou hasteadas bandeiras da Rússia ou da Bielorrússia.

A prova de Roland Garros vai acontecer entre 22 de maio e 05 de junho.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline