17/05/2022
 
 
Colva. Eis o lugar onde nasceu o primeiro clube de futebol de Goa!

Colva. Eis o lugar onde nasceu o primeiro clube de futebol de Goa!

Afonso de Melo 11/05/2022 22:36

Fundado em 1905, chamou-se Boys Social Club. Mas desde 1883 que o reverendo Robert Lyons punha os alunos do seminário a correr atrás de uma bola.

COLVA – Ao longo de toda a costa de Goa, pelas areias das suas praias mágicas, desde lá do norte, em Tiracol, sob o forte, ao sul, a Polent, na fronteira do Estado de Karnataka, passando pelo ambiente hippie dos anos-60 de Vagator, Anjuna, Baga e Calangute, por aqui, onde estou, pela maior tranquilidade de Colva, Benaulim e Varca, e pela fantasia selvagem de Agonda, Palolem e Gajibaga, encontramos meninos que jogam futebol com essa alegria tão própria e inimitável de serem apenas meninos que correm atrás do objeto perfeitamente esférico que lhes foge dos pés. Claro que também vemos outros grupos atarefados com as manigâncias do cricket, o jogo que dura dias inteiros. Mas não existe outro lugar da imensa Índia em que o futebol seja uma paixão como em Goa.

Joga-se futebol em Goa desde 1883, vejam bem, e nem sequer foi um português que pela primeira vez colocou onze goeses de cada lado do campo e lhes ordenou que conduzissem uma bola o mais organizadamente possível até à baliza do adversário. Foi o reverendo William Robert Lyons, um seminarista inglês, que aliás decidiu, pouco tempo mais tarde, colocar o futebol no currículo académico dos estudantes para padres, tornando-o disciplina obrigatória.

O primeiro desafio, com todos os parâmetros oficiais para poder ser considerado uma verdadeira partida de association, já teve dedo português e teve lugar em Panjim, no ano de 1900. Há muito poucos dados sobre o acontecimento. Sabe-se, no entanto, que o território já se deixara encantar pelo futebol e começava a haver uma necessidade forte de criar grupos devidamente organizados para multiplicarem a prática do jogo um pouco por toda a parte. 

Em Colva! O primeiro clube de futebol de Goa foi fundado aqui mesmo, onde estou, nesta pequena aldeia de pescadores que me devolveu a adolescência e onde conservo amigos há mais de vinte anos: Colva, na região de Margão, na taluca, ou província, de Salcete. Era assim um pouco para o finório, tal como o nome indica: Boys Social Club, surgiu em 1905, e os seus membros não dispensavam uns gin-tónicos no final das refregas. Desapareceu, entretanto, levado pela vertigem do tempo e das convenções sociais. Hoje, o clube de Colva é o St. Anthony’s, que leva o nome do padroeiro da terra, mas vegeta como pode nas divisões secundárias do campeonato goês.

Colva é uma urbe minúscula que vive das ondas de turistas que para aqui vêm quando não há monções (muito desse turismo sendo turismo interno, sobretudo de gente de Bombaim que caminha para cá em busca de um fim de semana bem regado, privilégio de um Alcohol Free State como Goa), e da actividade piscatória levada a cabo pelos grupos de pescadores que chegam de Karnataka. Pode ter sido berço do primeiro clube do território, mas o seu campo de futebol é, hoje, terreno de pasto para búfalos com balizas sem redes em cada topo. O jogo mudou-se para outros lados.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline