15/04/2024
 
 
Polémica em Xangai com funcionários de lar que declararam morta pessoa que afinal estava viva

Polémica em Xangai com funcionários de lar que declararam morta pessoa que afinal estava viva

Dreamstime Jornal i 03/05/2022 16:42

Caso tem gerado indignação na cidade, cujo sistema de saúde está sobrecarregado devido aos surtos de covid-19 na região.

Um utente de um lar em Xangai foi declarado morto, colocado num saco e transportado para um carro funerário por funcionário da instituição. No entanto, a pessoa estava viva.

O caso tem gerado enorme indignação em Xangai, pois é apenas mais uma prova de que o sistema de saúde da cidade está sobrecarregado devido à situação pandémica da covid-19.

Além de viral nas redes sociais, pois há imagens, o incidente do morto que afinal estava vivo, que ocorreu no domingo, já levou às autoridades da cidade a abrirem uma investigação sobre o caso, centrada no envolvimento de pelo menos seis pessoas, cinco funcionários da instituição e um médico.

No vídeo é possível o que parecem ser funcionários de um lar, a colocar um corpo num saco, para depois o transportarem para o veículo. 

Contudo, mais tarde, os trabalhadores são vistos a abrir a bolsa, e pode-se ouvir um deles dizer que o paciente “ainda está vivo”.

<blockquote class="twitter-tweet"><p lang="zh" dir="ltr">上海新长征福利院把还活着的老人装进尸袋,要送去殡仪馆火化,被运尸体的殡仪馆工作人员发现:“活的!”看来这是嫌上海老人死得还不够多,烧死活人不算死于新冠就行。 <a href="https://t.co/O6Zn5qV76L">pic.twitter.com/O6Zn5qV76L</a></p>&mdash; 方舟子 (@fangshimin) <a href="https://twitter.com/fangshimin/status/1520867277561733120?ref_src=twsrc%5Etfw">May 1, 2022</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script>

A identidade do paciente ainda é desconhecida, mas sabe-se que está no hospital mas que a sua condição é estável.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline