12/08/2022
 
 
Atropelamento mortal na A6. Ex-ministro será constituído arguido amanhã

Atropelamento mortal na A6. Ex-ministro será constituído arguido amanhã

Jornal i 21/04/2022 12:30

Imunidade parlamentar de Cabrita, enquanto deputado, só foi levantada em finais de março.

O ex-ministro da Administração Interna será constituído arguido, esta sexta-feira, no processo em que se investiga a morte por atropelamento de um trabalhador na A6.

Segundo o Observador, que cita fonte judicial, Eduardo Cabrita foi notificado para comparecer no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Évora esta sexta-feira, dia 22.

Sublinhe-se que o antigo governante será o terceiro arguido no caso, do qual resultou a morte de um homem. O chefe de segurança do então ministro da Administração Interna e o motorista, que estava ao volante do carro que colheu mortalmente a vítima, também foram constituídos arguidos, já depois de o inquérito ter sido reaberto.

O processo foi reaberto, em janeiro passado, por ordem do diretor do DIAP de Évora e a pedido da Associação de Cidadão Automobilizados (ACAM), que atribui responsabilidade dos superiores hierárquicos do motorista.

Na altura, o diretor do DIAP de Évora deu ordem para constituir arguidos o chefe de segurança de Cabrita, que é da PSP, e o próprio governante, num prazo de 45 dias.

Eduardo Cabrita, apesar de já se ter demitido do cargo do ministro, gozava ainda de imunidade parlamentar enquanto deputado, pelo que o Ministério Público aceitou esperar pela mudança de Governo, cuja tomada de posse se atrasou. Assim, a imunidade parlamentar de Cabrita só foi levantada em finais do mês passado.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline