03/03/2024
 
 
Coruche. GNR registou denúncia sobre bebés intoxicados após farmácia trocar soro por hipoclorito de sódio

Coruche. GNR registou denúncia sobre bebés intoxicados após farmácia trocar soro por hipoclorito de sódio

SNS Maria Moreira Rato 17/03/2022 20:10

Nascer do SOL entrou em contacto com a Farmácia da Misericórdia de Coruche mas, até às 18h desta quinta-feira, não obteve qualquer resposta.

 

Depois de dois bebés de 18 meses terem sido assistidos e posteriormente transportados ao Hospital Distrital de Santarém por alegada intoxicação, na manhã de sexta-feira, 11 de março, em Coruche, a GNR começou a investigar o caso. Em declarações ao Nascer do SOL, a força de segurança esclarece que "a Guarda Nacional Republicana tem registo de uma denúncia, no dia 11 de março, no Posto Territorial de Coruche, sobre a ocorrência descrita, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial de Coruche, através de auto de notícia".

Em causa está a intoxicação que as crianças sofreram após a Farmácia da Misericórdia de Coruche ter alegadamente trocado soro fisiológico para desentupimento de vias respiratórias por hipoclorito de sódio, um composto utilizado para fins como a limpeza e desinfeção profundas de superfícies, a lavagem de frutas, verduras ou legumes ou a purificação da água para consumo humano.

Naquele dia, jornais regionais, como O Mirante ou o Notícias do Sorraia, explicaram que fonte dos bombeiros municipais de Coruche confirmara que os meios haviam sido ativados por volta das 9h13 sendo que, à chegada ao local, os quatro elementos, apoiados por duas ambulâncias, "depararam-se com os bebés com sintomas de intoxicação devido a um erro de aplicação de um fármaco, apresentando dificuldades respiratórias e vómitos". 

Sabe-se, segundo informação adiantada pelo Hospital Distrital de Santarém à CNN, que "a mãe das crianças apercebeu-se que o soro fisiológico que alegadamente havia adquirido na farmácia local afinal tinha sido trocado por hipoclorito de sódio de 0,5 por cento, um produto de aplicação cutânea para desinfeção de feridas”, tendo sido acrescentando que os bebés foram observados por um otorrinolaringologista e tiveram “apenas uma ligeira alteração na mucosa nasal, ficando em observação por umas horas no hospital antes de terem alta”.

Naquilo que diz respeito a esta temática, no site oficial do SNS24, no separador “Intoxicações”, inserido nos “Guias de Saúde”, é possível ler o seguinte: “No caso de contacto com a pele ou com os olhos, deve lavar de imediato com água corrente. Se existiu ingestão não deve induzir o vómito. Ingira 1 ou 2 golos de leite frio. Deve contactar o Centro de Informação Antivenenos (CIAV) – 800 250 250”.

O Nascer do SOL entrou em contacto com a Farmácia da Misericórdia de Coruche mas, até às 18h desta quinta-feira, não obteve qualquer resposta.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline