29/02/2024
 
 
França aprova interrupção voluntária da gravidez até às 14 semanas

França aprova interrupção voluntária da gravidez até às 14 semanas

Dreamstime Jornal i 23/02/2022 21:53

O projeto de lei, que visa melhorar a efetividade do direito ao aborto, é "fiel à luta pela emancipação da mulher", saudou o ministro da Saúde francês, Olivier Véran.

O parlamento francês aprovou esta quarta-feira um projeto de lei multipartidário para estender a duração legal da interrupção voluntária da gravidez de 12 para 14 semanas, após a votação final pela Assembleia Nacional francesa.

Por iniciativa de um deputado da oposição o texto entrou no parlamento em outubro de 2020 e foi definitivamente aprovado com o apoio da maioria presidencial (LREM) por 135 votos a favor, 47 contra e nove abstenções.

O projeto de lei, que visa melhorar a efetividade do direito ao aborto, é "fiel à luta pela emancipação da mulher", saudou o ministro da Saúde francês, Olivier Véran.

Recorde-se que, em Portugal, o aborto voluntário foi legalizado por referendo realizado em 2007 e é permitido até à décima semana de gravidez.

 

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline