29/06/2022
 
 
Grávida baleada pelo motorista da Uber dá à luz prematuramente

Grávida baleada pelo motorista da Uber dá à luz prematuramente

Dreamstime Jornal i 22/02/2022 18:10

Episódio aconteceu no passado sábado, nos Estados Unidos.

Uma mulher grávida deu à luz prematuramente depois de ter sido baleada três vezes pelo seu motorista da Uber. A mulher, de 36 anos, foi atingida duas vezes na barriga e uma na parte superior da coxa direita depois de discutir com o homem que conduzia o carro em College Park, no estado norte-americano da Geórgia, na noite de sábado.

De acordo com a polícia, citada pelo Independent, a mulher foi transportada de urgência para o Grady Memorial Hospital, onde o filho nasceu aos sete meses.

Tanto a mãe como o bebé se encontram em estado considerado estável na Unidade de Cuidados Intensivos daquele hospital.

As autoridades estão no encalce do motorista.

De acordo com o pai da vítima, a filha terá começado a discutir com o motorista depois de se aperceber que este a tinha apanhado num carro diferente daquele que estava identificado na aplicação da plataforma de transporte. Quando o carro parou perto da casa da família, o motorista saiu e disparou sobre ela, acrescentou.

A Uber já emitiu um comunicado a condenar as ações do motorista. "Os detalhes em torno do horrível ato de violência contra a passageira e o seu recém-nascido são nauseantes e os nossos pensamentos estão com eles enquanto recuperam. Estamos prontos para ajudar as autoridades na investigação". 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline