04/12/2022
 
 
Mulher manda sequestrar e agredir homem que terminou relação com a filha

Mulher manda sequestrar e agredir homem que terminou relação com a filha

Dreamstime Jornal i 18/02/2022 22:00

Além de toda a violência exercida, os arguidos retiraram a roupa da vítima e registaram o momento em filmagens e fotografias. 

Três pessoas foram detidas e indiciadas pela prática dos crimes de roubo qualificado, sequestro agravado, ofensa à integridade física grave qualificada, gravações e fotografias ilícitas e detenção de arma proibida, informou esta sexta-feira a Procuradoria-Geral Regional de Lisboa.

O crime remonta a 2 de dezembro do ano passado quando, por ordem de uma arguida, os outros dois arguidos e mais quatro suspeitos “privaram o ofendido de liberdade durante três horas, período durante o qual o agrediram com murros, pontapés, paus de madeira e barras de ferro”, lê-se na nota divulgada pela PGR. A vítima foi ainda sujeita a choques elétricos, provocados por um taser. 

O crime terá sido motivado pelo “desejo de vingança da primeira arguida, em virtude do ofendido ter terminado um relacionamento com a sua filha”.

Além de toda a violência exercida, os arguidos retiraram a roupa da vítima e registaram o momento em filmagens e fotografias. 

“Os arguidos subtraíram ainda à vítima um telemóvel avaliado em cerca de 700 euros e 65 euros em dinheiro, causando-lhe o correspondente prejuízo”, acrescenta a nota.

A investigação prossegue sob a direção do MP do DIAP de Lisboa/Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline