19/08/2022
 
 
Fim de semana com ventos fortes e agitação marítima. Quatro distritos do continente e Madeira sob aviso amarelo

Fim de semana com ventos fortes e agitação marítima. Quatro distritos do continente e Madeira sob aviso amarelo

Dreamstime Jornal i 18/02/2022 10:44

Os distritos de Portugal continental têm este aviso até às 18h de sábado, enquanto a Madeira terá até 09h de domingo. 

Quatro distritos do continente - Lisboa, Leiria, Coimbra e Faro - e a ilha da Madeira estão, esta sexta-feira, sob aviso amarelo devido à previsão de vento por vezes forte, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Portugal continental têm este aviso até às 18h de sábado, com previsão de vento de norte por vezes forte e com rajadas até 75 quilómetros por hora (km/hora).

Já nas costas Norte e Sul e regiões montanhosas da ilha da Madeira estão sob aviso amarelo a partir das 03h de sábado e até às 09h de domingo por causa do vento de noroeste por vezes forte com rajadas até aos 95 quilómetros por hora.

Não obstante, o IPMA colocou ainda os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa sob aviso amarelo entre as 15h desta sexta-feira e as 00h de sábado, tendo em consideração a agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

No sábado, aqueles distritos mais os de Setúbal, Beja e Faro irão passar a aviso laranja devido à agitação marítima até às 21h de domingo, prevendo-se ondas de noroeste com 5 a 6 metros, podendo atingirem altura máxima de 10 metros.

Também devido à agitação marítima, o IPMA colocou ainda a costa Sul da ilha da Madeira sob aviso amarelo entre as 00h de domingo e as 00h de segunda-feira.

As regiões montanhosas da ilha da Madeira estão também sob aviso amarelo devido à previsão de períodos de chuva por vezes forte entre as 21h desta sexta-feira e as 06h de sábado.

A AMN e a Marinha alertam assim toda a comunidade marítima e a população em geral para os cuidados a ter, nomeadamente:

- Reforçar a amarração e manter uma vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas;

- Evitar passeios junto ao mar ou em zonas expostas à agitação marítima, de que são exemplo os molhes de proteção dos portos, arribas, praias, etc, evitando ser surpreendido por uma onda;

- Não praticar a atividade da pesca lúdica, em especial junto às falésias e zonas de arriba frequentemente atingidas pela rebentação das ondas, tendo sempre presente que nestas condições o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline