26/05/2022
 
 
Casas. Avaliação bancária subiu para 1285 euros por metro quadrado

Casas. Avaliação bancária subiu para 1285 euros por metro quadrado

Jornal i 27/01/2022 12:28

Valores representam subida de 1% face a novembro, revela o INE.

O valor mediano de avaliação bancária, realizada no âmbito de pedidos de crédito para a aquisição de habitação, fixou-se em 1285 euros por metro quadrado no mês de dezembro, o que representa o aumento de 1% face a novembro.

Os valores foram divulgados esta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que revela que o maior aumento face ao mês anterior registou-se na Região Autónoma dos Açores (2,6%), tendo a Região Autónoma da Madeira apresentado a maior descida (-1,2%).

Já em comparação com o mesmo período do ano anterior, o valor mediano das avaliações cresceu 11,2%, registando-se a variação mais intensa no Algarve (12,9%) e a menor na Região Autónoma dos Açores (3,4%).

No que diz respeito aos apartamentos, o valor mediano de avaliação bancária foi 1419 euros por metro quadrado, tendo aumentado 12,1% relativamente a dezembro de 2020. O valor mais elevado foi observado no Algarve (1720 euros por metro quadrado) e o mais baixo no Alentejo (911 euros por metro quadrado).

Já o Algarve apresentou o crescimento homólogo mais expressivo (12,8%), tendo o Alentejo apresentado o menor (5,4%).

Para as moradias, o valor mediano da avaliação bancária foi de 1030 euros por metro quadrado em dezembro, uma subida de 7,6% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Os valores foram mais elevados no Algarve (1753 euros por metro quadrado) e na Área Metropolitana de Lisboa (1722 euros por metro quadrado), tendo o Alentejo registado o valor mais baixo (829 euros por metro quadrado).

Tal como nos apartamentos, o Algarve apresentou o maior crescimento homólogo (13,5%) nas moradias e o menor ocorreu na Região Autónoma dos Açores (2,5%).

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline