29/05/2022
 
 
Julgamento da extradição de Rendeiro adiado para junho

Julgamento da extradição de Rendeiro adiado para junho

José Sérgio Jornal i 27/01/2022 10:00

Está marcada uma nova sessão para fevereiro com o objetivo de discutir as medidas de coação. 

O tribunal de Verulam, na África do Sul, decretou esta quinta-feira o adiamento do processo de extradição de João Rendeiro para junho deste ano, avançou a CNN, tendo assim a parte portuguesa do processo de voltar a Portugal uma vez que foi encontrado um selo danificado. 

A audiência irá decorrer entre os dias 13 e 30 de junho, depois de serem enviados novos documentos para as autoridades sul-africanas.

De acordo com a SIC Notícias, há ainda uma nova sessão marcada para fevereiro para discutir as medidas de coação.

João Rendeiro foi detido a 11 de dezembro na cidade de Durban, depois de quase três meses fugido à justiça portuguesa, sendo depois presente ao juiz Rajesh Parshotam, do tribunal de Verulam, que decretou, no dia 17 de dezembro a medida de coação mais gravosa, colocando-o em prisão preventiva no estabelecimento prisional de Westville.

O ex-banqueiro foi condenado em três processos diferentes relacionados com o colapso do BBP, que aconteceu em 2010,  tendo o tribunal dado como provado que retirou do banco 13,61 milhões de euros.

Das três condenações apenas uma transitou em julgado e não admite recursos, tendo Rendeiro de cumprir uma pena de prisão efetiva de cinco anos e oito meses.

João Rendeiro foi ainda condenado a 10 anos de prisão num segundo processo e a mais três anos e seis meses num terceiro, não tendo ainda estas duas sentenças transitado em julgado.

 

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline