24/05/2022
 
 
Palmela. Morreu menino de cinco anos envolvido no acidente do passado sábado

Palmela. Morreu menino de cinco anos envolvido no acidente do passado sábado

Miguel Silva Jornal i 24/01/2022 16:35

As duas irmãs do menino, com três e nove anos, também sofreram ferimentos graves e continuam hospitalizadas. Uma delas encontra-se no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, com prognóstico reservado e em risco de vida, sendo que a outra se encontra fora de perigo no Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Morreu esta segunda-feira o menino de cinco anos que estava internado em estado grave no Hospital de Santa Maria em Lisboa, depois de sofrer, com a família, um acidente grave no sábado em Palmela.

Gabriel, de cinco anos, foi transportado para o hospital com a irmã, que também esteve envolvida no acidente, de helicóptero mas o menino acabou por não resistir aos ferimentos e morreu no final da tarde domingo, adiantou ao Jornal de Notícias fonte do Hospital de Santa Maria.

As duas irmãs do menino, com três e nove anos, também sofreram ferimentos graves e continuam hospitalizadas. 

Uma delas encontra-se no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, com prognóstico reservado e em risco de vida, sendo que a outra se encontra fora de perigo no Hospital Garcia de Orta, em Almada.

Recorde-se que o acidente evolveu três viaturas na Estrada Nacional 5, em Rio Frio, Palmela ao final da tarde de sábado. As três crianças seguiam no banco de trás e os pais no banco da frente, tendo os cinco ficado encarcerados na sequência do choque e do despiste, sendo necessário serem removidos com meios mecânicos dos bombeiros.

Os pais das crianças sofreram ferimentos ligeiros, havendo ainda um sexto ferido com gravidade. Trata-se do condutor que se encontrava no segundo carro envolvido e que permanece hospitalizado.

Um dos condutores de uma das viaturas sinistradas abandonou o local após o choque, mas foi depois intercetado e regressou ao local, onde foi submetido ao teste de alcoolemia. O resultado foi negativo, mas o homem pode ser indiciado por omissão de auxílio. A GNR não avança se abandonou o local por ter sido quem causou o choque.

A origem da colisão é desconhecida e será agora investigada pela GNR, que já esteve no local a fazer perícias. O alerta foi dado às 19h12 de sábado e mobilizou 51 elementos e 20 viaturas dos bombeiros de Águas de Moura, Pinhal Novo e Montijo, bem como a GNR e o INEM, com uma equipa de psicólogos.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline