24/05/2022
 
 
INEM atendeu mais de 1,3 milhões de chamadas no ano passado. Mais de 90 mil não eram urgências

INEM atendeu mais de 1,3 milhões de chamadas no ano passado. Mais de 90 mil não eram urgências

José Fernandes Jornal i 21/01/2022 13:09

Números revelam um aumento da atividade do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) comparativamente ao ano de 2020.

Os Centros de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) atenderam mais de 1,3 milhões de chamadas em 2021. Destas, mais de 92 mil não eram emergências. Em média foram atentidas mais de 3.750 chamadas por dia.

Os dados do INEM, divulgados esta sexta-feira, revelam que, no total, em 2021, os CODU atenderam 1.371.675 chamadas que originaram o acionamento de 1.266.412 meios de emergência médica. “Estes números revelam um aumento da atividade do Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) comparativamente ao ano de 2020”, destaca o instituto, indicando que foram acionados mais 94.534 meios de emergência do que em 2020.

Os números apresentados correspondem a pedidos de ajuda efetuados via 112 para assistência a vítimas de acidente ou doença súbita, pedidos de triagem por parte dos parceiros no SIEM e chamadas transferidas diretamente pelo Centro de Contacto do SNS (SNS 24).

De acordo com o INEM, em 2021 foram atendidas, em média, 3.758 chamadas por dia, cerca de 156 chamadas por hora. No total, foram recebidas e triadas mais 62.918 chamadas em relação a 2020.

Do total,  92.948 chamadas atendidas no CODU não correspondiam a emergências, tendo sido encaminhadas para o SNS 24. Já o SNS 24 transferiu para os CODU do INEM 57.888 chamadas que foram consideradas emergentes pelos profissionais daquele serviço.

Os dados revelam ainda, que no âmbito da pandemia, a atividade do INEM e do SIEM resultou no acionamento de 155.415 meios de emergência para situações diretamente relacionadas com a infeção pelo SARS-CoV-2, mais 12.736 acionamentos que no ano de 2020.

Sublinhe-se que as chamadas efetuadas para o número de emergência 112 são atendidas em primeira linha nos Centros Operacionais 112, geridos pelas forças de segurança. O 112 encaminha para os CODU do INEM todas as situações que digam respeito a saúde, competindo a esta central médica do INEM avaliar os pedidos recebidos.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline