24/05/2022
 
 
PJ detém grupo suspeito de vários assaltos à mão armada e tentativa de homicídio

PJ detém grupo suspeito de vários assaltos à mão armada e tentativa de homicídio

Eduardo Martins Jornal i 21/01/2022 10:24

Aquando da detenção, os suspeitos reagiram com violência e tentaram atropelar os elementos da Policia Judiciária. 

A Polícia Judiciária (PJ) deteve cinco homens, três estrangeiros e dois portugueses, com idades compreendidas entre os 25 e os 41 de idade, suspeitos de mais de duas dezenas de crimes de roubo agravado, com ameaça de armas de fogo, um homicídio qualificado, na forma tentada, e diversos crimes de detenção e uso de arma proibida.

Em comunicado, esta sexta-feira, a autoridade revela que, embora existam suspeitas da ocorrência de crimes anteriores, a atividade criminosa do grupo agora intercetado “acentuou-se, substancialmente, a partir do início do mês de dezembro de 2021, até ao dia de ontem”.

A investigação da PJ acabou por levar à detenção do grupo, logo depois de mais um crime de roubo, em Lisboa, ao final da manhã desta quinta-feira, “bem como a obtenção de sólido suporte indiciário, acerca da atividade criminosa realizada”.

“Aquando da detenção, os suspeitos que se encontravam no interior de três viaturas, reagiram com violência, procurando atropelar os elementos da Policia Judiciária”, sublinha a mesma nota.

Na sua posse, o grupo tinha o produto do roubo que tinham concretizado minutos antes, “bem como uma arma de fogo, carregada e municiada, diversos artefactos próprios para a consumação dos crimes de roubos, designadamente, luvas, gorros e artigos de vestuário já utilizados em circunstâncias criminosas anteriores”.

A PJ infirma que decorrem ainda diligências para a recuperação “de objetos, artigos de joalharia, quantias monetárias que tenham resultado da atividade criminosa deste grupo violento, bem como para obtenção de outras notícias de crimes eventualmente levados a efeito pelo grupo agora detido”.

Os cinco detidos serão presentes às Autoridades Judiciárias, para efeitos de primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação consideradas adequadas.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline