24/05/2022
 
 
Cinco pinturas de Monet vão a leilão por 42 milhões de euros

Cinco pinturas de Monet vão a leilão por 42 milhões de euros

Leiloeira Sothebys Jornal i 20/01/2022 19:22

Várias obras de um dos pintores impressionistas mais conhecidos do mundo, Claude Monet, serão colocadas à venda pela leiloeira Sotheby's, com um valor estimado de 42 milhões de euros. 

No dia 2 de março, a aclamada leiloeira Sotheby's vai leiloar em Londres um conjunto de cinco quadros de Claude Monet, pertencentes a uma coleção americana, com uma pré-venda estimada em cerca de 42 milhões de euros. As cinco obras, que pertencem ao estágio inicial do pintor, traçam a sua mudança para um estilo mais abstrato ao longo de um período de 15 anos.

Na verdade, todas as pinturas são anteriores a 1900, o que significa que acabam por oferecer um vislumbre do desenvolvimento e estilo do artista antes deste ter pintado as suas peças mais célebres no início do século XX.

"Traçando a progressão para as suas grandes pinturas de nenúfares, estas cinco obras impressionantes articulam brilhantemente a história de Monet como o pai da arte moderna", explicou Helena Newman, presidente da Sotheby's Europa e diretora mundial de arte impressionista e moderna.

'Las Demoiselles de Giverny', de 1894, está com um valor estimado entre 18 e 24 milhões de euros. É considerada a joia da coleção e apresenta uma das imagens de marca do artista: as suas pilhas de cereais, “que parecem ter uma forma mais solta do que os palheiros dos seus trabalhos posteriores”, de acordo com a casa de leilões.

Outra das pinturas é uma tela pintada com flores e intitulada 'Massif de chrysanthèmes', de 1897, que, avaliada entre 12 e 18 milhões de euros, pode ser vista como “precursora das obras mais famosas do mestre francês”. 

Segundo a Sotheby's, este é um trabalho provavelmente inspirado no lendário gravador japonês Hokusai, já que Monet era dono de várias das suas obras e era fascinado pela cultura do país, ao ponto das suas paredes serem decoradas com gravuras japonesas. 

Por sua vez, 'Glaçons, environs de Bennecourt', pintado entre 1892 e 1893, segundo a leiloeira, transmite “o efeito de fortes nevadas e geadas no Sena”, e a representação do gelo na superfície do rio pelo artista “não é diferente da representação de flores na água nas obras que começaram alguns anos depois”. O quadro tem um preço estimado entre 6 e 8,4 milhões de euros. 

'Sur la falaise près de Dieppe, soleil couchant' é uma interessante visão da costa normanda, na qual Monet “recupera a paleta de cores que havia usado nas suas vistas da costa mediterrânea”. A pintura tem uma estimativa de pré-venda entre 4,2 e 6 milhões de euros. 

Por último, 'Prunes et Abricots', obra pintada entre 1882 e 1885, é a obra mais pequena do lote e aquela com uma estimativa de pré-venda mais modesta, entre 1,4 e 2,1 milhões de euros. 

Antes de serem leiloadas, as pinturas serão expostas nas galerias da Sotheby's em Nova York, Hong Kong, Taipei e Londres.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline