29/05/2022
 
 
"Era o que faltava". Costa rejeita pedir desculpas a David Neeleman

"Era o que faltava". Costa rejeita pedir desculpas a David Neeleman

Mafalda Gomes Jornal i 18/01/2022 20:11

David Neeleman acusou o líder do PS de ter tecido "afirmações falsas" sobre a sua pessoa no debate com o candidato às legislativas do PSD, exigindo um pedido de desculpa a António Costa.

António Costa recusou pedir desculpa ao ex-acionista da TAP David Neeleman, depois de este o acusar de ter "faltado à verdade".

"Era o que faltava", respondeu o primeiro-ministro, em declarações aos jornalistas esta terça-feira, após ser questionado se ia pedir desculpas a Neeleman, tal como o empresário tinha exigido.

Numa nota enviada à Lusa, o ex-acionista da TAP disse esperar um pedido de desculpas de António Costa, considerando que o líder do PS "faltou à verdade" com declarações que afetaram o seu “nome e reputação”, no decorrer da pré-campanha para as eleições legislativas.

Em causa estão as declarações de António Costa, durante o debate com o presidente do PSD, Rui Rio, no qual afirmou que o Estado comprou a companhia "para prevenir precisamente que aquele privado que lá estava e que não merecia confiança, não daria cabo da TAP no dia em que fosse à falência", uma vez que "as empresas do senhor Neeleman foram caindo em todo o mundo".

Na perspetiva de Neeleman, estas afirmações são falsas. O empresário argumenta que, "ao contrário do que o Dr. António Costa disse nesse debate", todas as empresas de aviação que fundou "foram e continuam a ser projetos de grande sucesso".

"É com surpresa que noto que o Dr. António Costa entende que eu não sou merecedor de 'confiança'", acrescentou.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline